Vale a leitura: Uma dúzia de observações sobre ‘Escravidão’ de Laurentino Gomes