Análise: Na Amazônia, a economia ilegal prospera. Dados mais recentes do monitoramento por satélite do INPE, mesmo com a paralisia na economia, os alertas de desmatamento cresceram 63% em abril em relação ao mesmo período do ano passado