“A gente identificou também inúmeros imóveis privados que foram embargados pelo Ibama, mas que apresentaram desmatamentos enormes logo em seguida do embargo. Ou seja, os produtores praticamente desconsideram as multas e os embargos", diz Antonio Oviedo.