A Terra Indígena Ituna-Itatá, a mais desmatada em 2019 na #Amazônia, volta a sofrer com a destruição e as queimadas, a reboque da grilagem e invasão da pecuária. Os Asurini e os Araweté relatam vestígios de indígenas isolados, que correm sério perigo.